17 de novembro de 2007

Carroceiros

Mais um post com teor de crítica social ou política... não pretendo transformar o blog num espaço para debates revolucionários, mas às vezes não consigo conter minha indignação e rolam uns desabafos:

Eu, cidadão-padrão (ok, nem tanto, mas não chego a ser um marginal) que pago meus impostos (e olha que são muitos), trabalho 8h por dia, cato as fezes das minhas cachorras da calçada (com um saquinho óbvio) e nunca larguei um papel de picolé na calçada, tenho de esperar os 18 anos completos, fazer mais de 10h de aulas práticas no trânsito e pagar uma grana (sendo que parte era pros bolsos duns safados) para conquistar a carteira de habilitação do tipo B.

Um moleque aos 12 anos de idade (sem generalizar, mas que muitas vezes É de fato um marginal em todos os sentidos), arranja um cavalo, amarra o bicho numa caixa de madeira com rodas, enfia um pneu na traseira para fingir que é um "pára-choque"e pendura uma porção de cds piratas do "Sambabaca " para fazer de farolete... Sai pelo trânsito guiando sua carroça como se estivesse sozinhos na via e as autoridades olham para outro lado, como se tudo estivesse dentro da lei.

Ainda que ignorássemos os maus tratos que esses parasitas impõem aos cavalos que os arrastam, que esquecessemos que para conduzir um veículo qualquer pelas ruas (excetuando bicicletas) seja necessária autorização do órgão responsável (alô detran, alô eptc!), e ainda deixássemos de lado o caos que causam no trânsito... Muitos dos carroceiros usam sua atividade como disfarce para cometer delitos. Faz uns 4 meses que vi uma dupla de moleques (deviam ter entre 12 e 16 anos) usando a carroça para furtar estepes de caminhonetes aqui na rua ao lado. A carroça parava ao lado do varro estacionado... um deles ficava cuidando o movimento e o menor pulava e rolava pra debaixo do carro, para em questão de segundos, voltar correndo com um estepe para a carroça. Ainda me dou o trbalho de ligar para brigada para ouvir que eles não podem fazer nada, pois são menores e não tem como provar que roubaram o pneu a menos que o dono do carro se manifeste... francamente...

3 comentários:

acabouonescau disse...

Nao vou comentar o post pq confesso que ainda nao li!!!
Acabei de receber a tua carta e, muuuito feliz vim direto aqui no teu blog...
Explico o motivo da alegria... Faz algum tempo roubaram minha senha do msn... nao consegui recuperar... tentei de varias maneiras te encontrar e nao consegui!!! Eu nao lembrava teu e-mail, nao tinha como te encontrar!!! Ja tinha ate escrito uma cartinha pra te mandar com o meu novo msn... pituia@opiniao.com.br e, hj, em pleno domingo, depois de 12h de trabalho cheguei em casa e vi tua carta!!!
Agora podemos nos comunicar de novo!!!
Saudade...
Pituia

Carolzinha disse...

Oi Eduardo, li o post gostei, mas sinceramente estou com preguiça de comentar!!!!
Bjs...até amanhã

lucas disse...

Um texto que me fara crescer muito espiritualmente!!!!!!!
Poh meu,e tu tem uma amiga CAROLZINHA que posta logo acima do meu...poh assim tu qué me mata, seu 06!!!!