29 de novembro de 2007

Foi Ontem...

Infelizmente acabou. A torcida fez sua parte e os jogadores suaram dentro de campo, mas a incompetência técnica e a inexperiência prevaleceram. O ano que vem será uma fase de purificação para o clube... paciência. Creio que por um bom tempo os leitores não presenciarão posts de cunho futebolístico.


O Autor se reserva o direito à lamentação... muita dor...


2 comentários:

Lucas disse...

"O Autor se reserva o direito à lamentação... muita dor..."

"O comentador se reserva o direito a gozaçoes...muita risada..."

Anônimo disse...

Uso este espaço para comentar o primeiro post, pois lá não foi concedida esta oportunidade.

Permita-me discordar, caro administrador, das suas colocações e até mesmo me decepcionar um pouco, porém vou respeitar este momento, em que o instinto está superando a razão.

O fato do Coringão e do Flamengo terem torcidas grandes é por uma questão de logística e socio-cultural, pois estão no centro do País e são populares.
Se números espelhassem "toda a realidade" o Big Brother seria um grande programa(ele até tem big no nome). Vale qualquer coisa para ser grande?
Ser grande é saber quando estamos pequenos(o clube Corinthians está pequeno).
Quantas vezes, nos diversos segmentos de nossas vidas, caimos.
E para nos erguer, não é dizendo que "somos grandes, melhores que os outros", mas entendendo os nossos erros e que somos vulneráveis.
Há vários times grandes no Brasil, uns com mais, outros com menos torcida, porém é este conjunto que torna o futebol brasileiro respetitável lá fora.
Precisamos mudar. A estrutura do futebol brasileiro precisa mudar. Não é dizendo que somos os melhores, mais vezes campeões, participamos de todas as copas, temos os melhores jogadores, é que vamos garantir o futuro. É respeitando os adversários, e suas conquistas que todos vamos crescer.
Força, cara, porque futebol é futebol; Aranhas são aranhas e formigas são formigas.