7 de janeiro de 2008

Espólio

Ontem estava organizando meus pertences e uma preocupação brotou na minha moleira: quando eu morrer, quem é que vai herdar minhas coleções???

Devo ter algo em torno de 2.000 a 3.000 revistas, incontáveis brinquedos, um montão de camisas de futebol... e nenhum herdeiro. Não sei se já expressei minha convicção, mas não amaldiçoarei nenhum infante com meus genes. Conseqüentemente não sei quem cuidará de meu legado quando eu me for... Seria muito triste imaginar minha família explorando meus brinquedos e recordando do quão tolo eu fui por deixar apenas bens materiais e tão poucas recordações...

O Autor as vezes acha que toda estupidez da humanidade é canalizada nele. O gênio conseguiu morder o lábio inferior pela terceira vez no espaço de dois dias...


6 comentários:

Carolzinha disse...

Eduardo,vms falar sério:Por que tu te menospreza tanto??? Acho que tu deveria procurar um psicólogo pra saber o porquê a tua auto estima anda tão baixa...bjs!!!
Ps: Se realmente não tiver pra quem deixar teus pertences, não me importo de distribuir teus brinquedos em alguma festinha de natal...

acabouonescau disse...

Concordo com a carolzinha....
Que coisa!!!
Mas, como sempre, tenho que deixar meu testemunho pessoal.... eu me fiz essa mesma pergunta qdo meu namor morreu e ele tava no brasil e eu nao Italia... eu tinha mandado varias cartinhas pra ele e fiquei pensando... quem sera que vai pegar as coisas dele e ler as minhas cartas??? Nao queria que ninguem lesse nada....
E fico me perguntando o mesmo... tenho uma caixa (gigante) cheio de coisas so minhas que nao deixo ninguem mexer... eh minha vida!!! e ela ta no brasil!!! Chega me dar medo de pensar que alguem pode "futricar nela"... nao que tenha algo comprometedor, mas pq eh muita porcaria que so tem valor pra mim!!!!

Carolzinha disse...

Ai que triste...o namorado dela morreu...me deu uma vontade de chorar...também fico pensando ás vezes, tenho uma caixa com todas as cartinhas que recebo desde que tinha uns 13 anos (bah faz tempo neh???)...fico pensando que se eu morrer de uma hora pra outra, quem será que vai ler minhas bobagens???
Vão por fora???
Vão comentar???
Chega a dar um frio na barriga.

Krol disse...

Edu, vc e uma pessoa mto especial.ja te disse isso varias vezes...e vc ate riu de mim lembra? pois é....nosso maiores tesouros são os nossos sentimentos e os nossos amigos. dessa vida só levamos isso e o q deve te preocupar é em não machucar ninguem e ajudar sempre, incondicionalmente, sem esperar retorno. gibis e brinquedos serao divididos e um dia terminarao. o amor q dividiste com todos será eterno nos corações dos privilegiados desses sentimentos. te adoro me querido amigo. bjao. Carolina Sarmento.

CAROLZINHA disse...

Viu???Tá vendo???
Também jah te disse a mesma coisa q a Carol neh??!!
Então se liga mané, e pára de te achar o =%#?! do mundo!!!

Catador de lixo disse...

Pelo que vi, acho que o autor deveria fundar a AGUADECO -Associação dos Guardadores de Coisas (úteis ou inúteis).
O Pessoal se reuniria todas as segundas-feiras(eta dia danado) e cada um faria seu relato, coisas do tipo: - estou a uma semana sem guardar bugiganga. Respeitando os pertences de valores sentimentais, o resto eu levo(toda a terça eu passaria lá).
Vamos reciclar pessoal!